2008-10-02 10:21:34

SINODO 2008 : “A PALAVRA DE DEUS NA VIDA E NA MISSÃO DA IGREJA”
 
 


(2/10/2008) A XII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, terá lugar de 5 a 26 de Outubro de 2008.
Domingo dia 5 de Outubro Bento XVI presidirá na Basílica São Paulo Fora de Muros, em Roma, a Eucaristia, assinalando a abertura do Sínodo, cujos trabalhos efectivos terão inicio na manhã do dia 6
A celebração eucarística em São Paulo fora de muros está marcada para as 9h30 da manhã.

A finalidade do Sínodo
A finalidade primária do Sínodo é dedicar-se ao tema da Palavra, com a qual «Deus invisível (cf. Col 1, 15; 1 Tim 1, 17), no seu grande amor, fala aos homens como a amigos (cf. Ex 33, 11; Jo 15, 14-15) e Se entretém com eles (cf. Bar 3, 38), para convidá-los e admiti-los à comunhão com Ele» (DV 2). Isso comporta a escuta e o amor da Palavra do Senhor, que está em consonância com a vida concreta das pessoas do nosso tempo. A Palavra de Deus provoca uma chamada, cria comunhão, envia em missão, para que se torne dom para os outros o que se recebe para si. É, portanto, uma finalidade eminentemente pastoral e missionária: aprofundar as razões doutrinais e deixar-se iluminar por elas significa estender e reforçar a prática de encontro com a Palavra de Deus como fonte de vida nos diferentes âmbitos da experiência e, assim, por caminhos seguros e fáceis, poder ouvir Deus e falar com Ele.
Concretamente, o Sínodo propõe-se, entre os seus objectivos, ajudar a esclarecer melhor os aspectos fundamentais da verdade sobre a Revelação, como são a Palavra de Deus, a fé, a Tradição, a Bíblia e o Magistério, que motivam e garantem um caminho de fé válido e eficaz; estimular um profundo amor à Sagrada Escritura, para que «os fiéis tenham largo acesso» à mesma (cf. DV 22), sublinhando a unidade entre o pão da Palavra e o pão do Corpo de Cristo, para pleno alimento da vida dos cristãos. Além disso, é necessário recordar a indissolúvel circularidade entre a Palavra de Deus e a liturgia; recomendar em toda a parte o exercício da Lectio Divina, devidamente adaptada às diversas circunstâncias; oferecer ao mundo dos pobres uma palavra de consolação e de esperança. Este Sínodo pretende, portanto, colaborar para um correcto exercício hermenêutico da Escritura, orientando bem o necessário processo de evangelização e inculturação; entende encorajar o diálogo ecuménico, estreitamente vinculado à escuta da Palavra de Deus; pretende favorecer o diálogo judeu-cristão e, de forma mais ampla, o diálogo inter-religioso e intercultural.
É desejo de muitos Pastores que o contributo final do Sínodo não seja apenas de carácter informativo, mas incida na vida, provoque participação, de modo que a Palavra de Deus se mostre viva, eficaz, penetrante (cf. Heb 4, 12), através de uma linguagem essencial e compreensível às pessoas. A tal propósito, convém lembrar que os termos Bíblia, Sagrada Escritura, Livro Sagrado têm o mesmo significado, e do contexto se compreenderá quando também a expressão “Palavra de Deus” tem o sentido de “Sagrada Escritura”.








All the contents on this site are copyrighted ©.